31 de maio: Dia Mundial sem Tabaco

E eu  não poderia deixar de contar as boas novas sobre este assunto!  Hoje em dia, em cada 10 brasileiros, um ainda é fumante,mas o índice de fumantes no Brasil caiu 30,7% nos últimos nove anos, anunciou o Ministério da Saúde nesta semana.  Ueba!!!!!

obrigada por nao fumar

Os principais motivos para a queda do consumo do tabaco no Brasil são a redução dos lugares permitidos para consumo-  proibição de fumar em ambientes fechados- e principalmente, o aumento do preço dos cigarros. Além é claro, de muitas campanhas, ações e programas que vêem sendo desenvolvidas pelo Ministério da Saúde em parceria com o Instituto Nacional do Câncer(INCA).

Estamos “carecas” de saber que fumar faz mal a saúde, e aumenta significativamente o risco de câncer! As mais de 4000 substâncias químicas( tóxicas) presentes no cigarro ainda causam danos a pele -envelhecimento-, maior risco de doenças cardíacas e pulmonares, tromboses, impotência sexual nos homens, danos na mucosa da boca e muitos outros males ao nosso corpo!

6a00e551b31df1883301a3fd078669970b

Mesmo quem não fuma precisa tomar cuidado, principalmente quem está passando pelo tratamento de quimioterapia, fase em que nossa imunidade está baixa, nossas mucosas mais sensíveis, e portanto maior chance de contrair infeções e algumas alergias!  Os chamados fumantes passivos, estão sujeitos às mesmas doenças que os fumantes. 

Gente, conheço pessoas que mesmo passando pelo tratamento do Câncer, não deixaram de fumar!

PORQUE DEVO PARAR DE FUMAR DURANTE E PÓS O TRATAMENTO ONCOLÓGICO?

“Em relação aos pacientes tabagistas que têm ou tiveram o diagnóstico de câncer, existem sólidas evidências que a manutenção do hábito de fumar compromete significativamente os resultados do tratamento, assim como aumenta os efeitos colaterais e riscos de desenvolverem uma segunda neoplasia posteriormente (3% ao ano). Devido aos efeitos maléficos do cigarro no sistema imunológico,  tabagistas que são submetidos a cirurgias para tratamento do câncer têm maior chance de desenvolverem complicações pós-operatórias (infecções, retardo na cicatrização, sangramentos, embolia e trombose) e apresentam uma maior taxa de mortalidade relacionada ao procedimento. O benefício da interrupção do tabagismo é visto mesmo naqueles pacientes que o fazem até 10 dias antes do procedimento. Da mesma forma, evidências apontam para uma maior toxicidade relacionada aos tratamentos de quimioterapia e radioterapia, acentuando seus efeitos colaterais”  (texto pesquisado no site oncomed- Belo Horizonte)

stop

Você pode pensar em parar de fumar  da mesma forma como aprender algo novo como, por exemplo, andar de bicicleta.  Você simplesmente não montou na bicicleta e saiu correndo pela rua da primeira vez. E com certeza você provavelmente caiu algumas vezes.  As quedas foram parte do processo de aprendizagem e todas as vezes que caiu, você aprendeu um pouquinho mais.  A mesma coisa acontece ao parar de fumar:  quanto mais você tentar, mais aprenderá o que o ajudará no caminho do sucesso.

O primeiro passo é tentar!!!!!!

Beijinhos e até mais!

VIVI

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s